Tuesday, April 08, 2008

Provérbios Flamengos-Bruegel, o Velho

Hoje vou mostrar para voces uma imagem de um pintor que gosto muito pois cada trabalho dele é um desafio ao olhar.
O nome dele é Bruegel, o Velho (1525 -1569).
Ele é um dos mais significativos representantes do Renascimento, cujo acervo pictórico, acreditamos, propicia um fecundo campo para os estudos dos fenômenos imagéticos. Cada imagem feita por Bruegel, é uma aventura quando nos entregamos na busca de detectar nos riquíssimos elementos distintivos da pintura todos os detalhes, todos os simbolos ali inseridos.
A pintura de hoje é "Provébios Flamengos".
Há nessa imagem, quase uma centena de provérbios .
O número preciso deles permanece incerto porque estudiosos divergem em suas interpretações, alguns dizem, por exemplo, que determinados momentos da pintura podem representar mais de um provérbio.

A imagem esta fragmentada em pequenas outras imagens .
Selecionei algumas desses pequenos quadros ampliados e seus possiveis significados.
Alguns desses provérbios ou ditos populares chegaram até
os dias de hoje e são reconhecidos por muitos paises .







"Jogar dinheiro água abaixo"























"Jogar plumas ao vento "- Trabalhar em vão. Muitas vezes pode ser referencia a calúnia ou palavras vãs que são dificeis de recolher após jogadas.


"Nadar contra a correnteza"






















"Ele navega com o olhar "- É vigilante.
"De vento em popa" - É fácil se dar bem quando as situações são favoráveis



"O medo faz até velho correr"





















" O mundo esta de cabeça para baixo"

























"Brincar com o mundo às suas mãos": Ter suas vontades satisfeitas, todos obedecem às suas ordens.




"Pescar atrás da rede" - Perder a oportunidade, agitar-se em vão.






"Roendo um pilar": Hipócrita




Jogar rosas aos porcos ou como no provérbio bíblico, jogar pérolas aos porcos





































"Saber pegar o peixe com as mãos": Beneficiar-se do trabalho alheio - enquanto aguém joga as redes, beneficia-se trabalhando menos.

















"Sangar o pescoço pela barriga": Ter as regras do negócio já estabelecidas.













"Segurar uma moréia pela cauda": Mau negócio.










"Sentar-se entre as cinzas das cadeiras": Deixar passar a ocasião.







"Sentar-se em brasas": Extrema impaciência

"Colocar lenha na fogueira"






"Estar suspenso entre o céu e a terra":Estar numa situação embaraçosa onde não encontra a saida.

























"As tesouras estão penduradas do lado de fora" - Símbolo dos ladrões.






"Tocar um frango" - Estar de acordo com coisas que ainda não existem.







"O insano recebe as melhores cartas" - É inocente ao saber que tem as mãos fartas de oportunidades


"Ambos são guiados pelo nariz" - Significa ser enganado pelos sentidos.








"Não aceitar que o sol reluz na água": O bem do vizinho lhe faz mal; inveja.






































Lua ao contrário - Significa desejar algo impossível ou falência nos negócios (causada por este homem).



























Uma põe uma haste contra o rosto da outra: divulgar calúnias, fofocar.






Examina o ovo da galinha e deixa escapar o ovo do ganso: Ser miserável e fazer a pior escolha.





"Enquanto um tosa a ovelha, o outro tosa o porco: Um tem todas as vantagens e o outro todas as desvantagen"s; Um possui fartura e outro miséria.

Manere: Não esnobe sua vantagem perante os demais.

"Ser paciente como uma pequena ovelha."






"Empurrar as tortas para o telhado - Significa 'abundância'






"Dois que defecam pelo mesmo ânus" - Inseparáveis.





"Dois loucos embaixo de um chapéu "- a Loucura aprecia a si mesma como companhia.








"É do couro alheio que se faz belos cintos": Zelo pelos bens dos outros.


























"Colocar uma barba e disfarçar-se de Deus": Tentar desmistificar através de sátiras.










"Capa azul "- Cobrir alguém com um manto dessa cor significa traição.
















"Chorar pelo leite derramado"

















Um cego guiando o outro

















"Os dados são lançados" - A decisão está tomada.

"Tudo depende de como as cartas são lançadas" - Sorte e Chance











Passar o dia a carregar cestos: Perder tempo com coisas inúteis.
























Carregar fogo em uma mão e água em outra: falsidade e decadência.

















O homem extende sua capa na cerca: É com o uso que se esvai - não saber se irá acostumar com as mudanças

Brigar pelo maior pedaço: Cada um procura sua própria vantagem.




Bocejar em frente a fornalha ao ponto de soprar mais que ela: Subestimar.




Bater a cabeça contra um muro: desejar algo à força em detrimento de si e dos outros.


Empurrar janela abaixo - Não ser capaz de esconder alguma coisa.





Balançar o casaco contra o vento - Mudar de opinião de acordo com as circunstâncias.


A mulher poderia atar o próprio diabo: A rebeldia de espírito pode vir até contra o próprio diabo (existe também outra interpretação que diz que quem toca o diabo pode ir ao inferno sem sofrer).





As fezes do cavalo não são figos - Não valorizar o que não tem valor.



"Amarrar um guizo no pescoço do gato": Alguém que faz negócio e avisa a todos.
"Armado até os dentes"




























Dois cães nunca entram em acordo pelo mesmo osso: Egoísmo.








Acender uma vela para o diabo - Significa que é válido ter amigos de toda qualidade.







Abrir a porta com o traseiro significa falta de coragem para enfrentar o que há por vir.
















A viagem não está encerrada apenas porque se vê a torre da igreja - Deve-se completar inteiramente o objetivo antes de cantar seu fim.

44 comments:

  1. Fantásticos: a pintura e o detalhamento oferecido pelo post.

    Parabéns.

    abs

    ReplyDelete
  2. Não o conhecia, mas que bonita obra!!!

    Muita sensibilidade e leitura humana envolvidas...gostei mto!

    ReplyDelete
  3. adorei seu blog m,uito interesante

    ReplyDelete
  4. Puxa, não conhecia esse pintor! E a tela é um primor!
    E seu detalhamento foi essencial!
    Parabéns!

    ReplyDelete
  5. Nunca tinha ouvido falar desse pintor. Vi que a imagem estava fragmentada, achei que tinham colocado aí como parte da pintura e não partes ampliadas =]
    Gostei desse "Jogar dinheiro por água abaixo" parece que é a imagem mais óbvia de significado que tem =D
    Já a segunda já fica mais difícil de interpretar, mas mesmo assim continua fácil. Não vou comentar sobre todas, só as que eu gostar.
    Muito interessante esse "Roendo um pilar", jogar pérolas aos porcos?
    Já ouvi isso antes...

    ReplyDelete
  6. adorei este quadro...
    é como se mostrasse várias coisas acontecendo ao mesmo tempo no mundo...

    gostei...

    ReplyDelete
  7. Uma pintura linda Nana!
    Linda mesmo!
    Olhando, com o olhar de um leigo, como eu, nunca imagino tanta coisa por traz de tal...
    Conheço alguns provérbios citados aí!
    Post enorme hein...
    Mas ótimo!
    Curti!
    Boa noite!
    Abraços...

    ReplyDelete
  8. Nossa, genial.
    Uma pintura de provérbios...

    Interessantíssimo!

    ReplyDelete
  9. SENSACIONAL... SENSACIONAL, MESMO... EU NUNCA TINHA DADO VALOR À ARTE, MAS... VISITEI, RECENTEMENTE, O MUSEU DO LOUVRE, DEL PRADO E O MUSEU DA REINA SOFIA E FIQUEI FASCINADO COM TAMANHOS DETALHES... O SEU POST FOI INCRÍVEL.. PARABÉNS!

    ReplyDelete
  10. Adorei as pinturas postadas ai no seu blog!
    Não conhecia,meu irmão dps vai dar uma olhada pois ele eh vibrado a artes :)

    ReplyDelete
  11. nao conhecia mais adorei, quanta sensibilidade
    bjs

    ReplyDelete
  12. This comment has been removed by the author.

    ReplyDelete
  13. Muito bom o post,adorei a parte de"Pendurar as tesouras do lado de fora".

    A pintura,magníficaa!
    Ah,fiz o post dos unicórnios,olha lá!
    ;*

    ReplyDelete
  14. mt bom o blog, adorei as monalisas la em cima

    www.bardosmoke.blogspot.com

    ReplyDelete
  15. Prima, você se superou mais uma vez com este post.
    Excelente!

    ReplyDelete
  16. nossa!!!! q pintura mais interessante, gostei muitoo....
    Admiro a arte, gosto de analisar pinturas tbm, se bem q ultimamente não tenho tido tempo...
    adorei o seu blog
    muito bom mesmo!!!!!!!!

    visita o meu tbm

    http://ccbds.zip.net/

    Abraços

    ReplyDelete
  17. NÃO SOU UM EXPERT EM ARTE,MAS GOSTEI DAS IMAGENS. GOSTEI DO TEMPLATE DAS MONALISAS.C TÁ ALÍ NO MEIO, NÉ?

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ReplyDelete
  18. cara esse seu blog é um show de culturaa adoreii muitooo

    Bjinnn

    ReplyDelete
  19. Esse Pintor eu ainda
    não conhecia...
    Muito interessantes os aspectos das imagens e os provérbios.

    www.indicacao.wordpress.com

    ReplyDelete
  20. Nossa, genial!

    É fabuloso. Eu confesso que já conhecia Brugel, mas tão brevemente como quem conhece uma cafta apenas por saber que é o coletivo de camelos.

    É fascinante como num retrato que comporta uma cena tão factível ele tenha conseguido inserir tantos elementos... só poderia ter vivido onde viveu e no tempo que viveu!

    ReplyDelete
  21. como ja disse adorei as monalisa ali em cima, vou ate fazer um post no meu blog das "versoes" da monalisa

    ReplyDelete
  22. QUASE NÃO ENCONTRO O LOCAL ONDE COMENTAR! KKKKKKKK SÃO ENSINAMENTOS ESSES PROVÉRBIOS. AS IMAGENS TAMBÉM FALAM, MUITAS VEZES COM MAIS PROFUNDIDADE QUE AS PALAVRAS!

    ReplyDelete
  23. em vários detalhes puder perceber o quanto ti escreve bem, com uma análise incisiva...
    perfeito!
    gosta de arte contemporânea?

    ReplyDelete
  24. Junior, sim ,gosto de arte conteporanea..
    a proxima postagem sera sobre arte contemporanea,aguarde!

    ReplyDelete
  25. Cara gostei muito do seu post!
    tudo detalhadinho !!que legal
    parabens pelo blog
    muito bom

    ReplyDelete
  26. Muito boa as imagens.

    De Bruegel,acho que tem um que ele só coloca gente brincando, isso se eu não estiver enganado.

    ReplyDelete
  27. j� havia comentado mas voltei pra ouvir esse fundo musical, muito lindo, Nana! YUMEJI'S THEME!

    ReplyDelete
  28. puxa vida, quanta coisa ateh cansei lendo
    eh muito interessante
    que obra ein
    .... imagem muito bonito
    quando eu vi q vc falou dos proverbios e a imagem
    eu tentei encontrar alguns, procurei procurei mas nao axei nada
    devo ser burro

    e sua imagem no topo do blog, vi q gosta d mona lisas, que coincidencia
    o meu ultimo post no blog tem tudo a ver
    ve la

    http://ehtudoloco.blogspot.com/

    ReplyDelete
  29. Gostei do blog.
    Interessante,e com temas diferentes e difíceis de serem abordados,

    porém foram abordados com êxito.
    Parabéns!

    Olhei o seu orkut e vi que você é também de Brasília!

    =D

    Depois passa no meu blog!

    http://semtosquices.blogspot.com

    ReplyDelete
  30. Amei essas imagens!!!
    Parabéns!
    Valeu a pena passar aqui hoje...

    ReplyDelete
  31. muito legal saber que existem alguns poucos blogs de arte espalhados por aí!


    muito legal isso...


    visite o meu:

    http://www.walmoroliveira.blogspot.com/

    ReplyDelete
  32. carambaaaaa, quanta coisa que uma pintura nos passa.... que maravilhaaaa

    gostei muitoooo

    ReplyDelete
  33. Conhecia a maioria dos provérbios, mas desconhecia suas origens. Muito bom!
    http://maynabuco.blogspot.com

    ReplyDelete
  34. lord wellingtonFriday, 18 April, 2008

    tive aula sobre esse quadro hj foi mt show

    se alguem quiser comentar sobre ele me add lordmichel_wellington@hotmail.com

    té + e parabéns pelo trabalho no blog

    ReplyDelete
  35. Simplesmente GE-NI-AL!
    Parabéns!
    As imagens cortadas da pintura junto com o texto ficou perfeito!

    ReplyDelete
  36. Desde que eu vi a pintura pela primeira vez não me canso de observá-la, para eu esta obra tem muito mais valor que a Monalisa de Da Vinci.
    Pude observar que aqui no blog faltaram algumas interpretações e outras são diferentes das que eu já pesquisei.
    No último quadro em que foi interpretado como o final da viagem ao ver a torre da igreja há um pequeno equívoco, pois o correto seria: "um cego guiando outro cego". Também faltou a explicação sobre o casal na janela que está embaixo duma vassoura, cujo significado é "viver na fornicação", ou o que hoje em dia costumamos chamar de união estável ou casal que vive amigado.
    Quanto ao homem mordendo o poste,significa: "abraçar a fé, mas ainda viver em pecado", o homem abraça o poste que significa a fé, mas ainda não consegue viver sem seus vícios.
    Temos ainda "o oportunista na desgraça dos outros", é o homem que está no canto superior direito da tela, que se aquece nas chamas duma casa.
    Outro do qual me lembro é o homem abaixo na tela tapando o buraco depois que o bezerro já se afogou.
    Há ainda muitas outras pérolas nesta obra, cujo significado já não me recordo mais, como os porcos abrindo o barril de vinho e o homem que assa arenques, o preso no pelourinho que toca violino. Se alguém souber o significado por favor compartilhe conosco.

    ReplyDelete
  37. Hello there,

    Thanks for sharing this link - but unfortunately it seems to be not working? Does anybody here at nanamada.blogspot.com have a mirror or another source?


    Cheers,
    William

    ReplyDelete
  38. Hi there,

    Thanks for sharing this link - but unfortunately it seems to be down? Does anybody here at nanamada.blogspot.com have a mirror or another source?


    Cheers,
    John

    ReplyDelete
  39. vcs acham bonito pq naum tem que faze um trabalho da porra que nem eu de historia, e ter um prof que é uma bosta.

    ReplyDelete
  40. Joana Luiza de PaulaSaturday, 12 May, 2012

    Existem outras interpretações também. Por exemplo, o homem que carrega a cesta e aqui foi dito que significa que ele perde tempo, não faz nada de útil, se repararem bem a cesta parece estar cheia de luz e está voltada para cima, para o céu. Eu já vi que significa CHOVER NO MOLHADO!Achei mais plausível. Outra interpretação que eu me lembro é que aquele rapaz que está no canto direito inferior da tela e que com uma mão segura um pão e com a outra esticada não alcança o outro pão: significaque NÃO CONSEGUE VIVER DENTRO DO PRÓPRIO ORÇAMENTO.
    Admiro este quadro há mais de 30 anos e sempre vejo coisas novas. Ele está em Berlim e gostaria muito de vê-lo

    ReplyDelete
  41. This comment has been removed by the author.

    ReplyDelete
  42. Sandra Padilha MartinsWednesday, 21 August, 2013

    Eu conheci a obra do Bruegel assistindo o programa "Pinceladas de Arte", do canal Curta! A obra analisada naquela ocasião era justamento provérbios flamengos:http://www.youtube.com/watch?v=2sTA-9h9HnU
    Desde então comecei a estudar a obra dele e não só esse quadro é genial, como todos dele. Ele retrata a vida de uma maneira não idealizada, mas justamente como ela é, com toda torpeza e estupidez humana...
    Eu também quero ir a Berlim e conhecer pessoalmente esse quadro.

    ReplyDelete

Pinceladas do observador