Tuesday, April 09, 2013

Bucolismo - Bucólico



Estava preparando um texto bem didático sobre Bucolismo para postar para vocês.
 Já havia separado varia obras com o tema, mas...  como  as vezes as coisas e as pessoas  conspiram  entre si para se encontrarem  em determinado tempo e espaço, por acaso abri uma  pagina no facebook de um artista plastico mineiro , no  mesmo momento que ouvia  uma pérola da Musica Popular Brasileira composta por Dori Caymmi   cujo nome é  : “Na ribeira desse rio” , e a  letra/poema é nada mais nada menos  que um dos  momentos  bucólicos de Fernando Pessoa.
Deixei o texto  de lado e aqui estou eu falando desse artista que  pinta em suas obras  o que há de mais bucólico no Brasil:O interior de Minas gerais.
José Rosário Castro de Dionísio no estado de  Minas Gerais, Brasil, nasceu em 7 de outubro de 1969 , portanto, trata-se de um artista jovem e contemporâneo.Ele é um artista super acessivel  e o  blog dele voce encontra aqui e o facebook dele é esse aqui .
Para  os estrangeiros que são leitores do blog, "Minas Gerais  é uma das 27 unidades federativas do Brasil, sendo a quarta maior em extensão territorial — que é de 586.528 km², superior à da França metropolitana — e a segunda em população. Localizado na Região Sudeste.O nome Minas Gerais é devido o fato histório e geografico, pois, esse Estado  é grande produtor de minérios e pedras preciosas  ".Mas ,arrisco dizer que,   talvez a maior riqueza de todas  é que Minas  Gerais  é  berço da Arte Barroca Brasileira, do Clube da Esquina , Paulinho Pedra Azul, Carlos Drummond de Andrade ...que são  temas para outras postagens.E também  terra onde essa que vos escreve nasceu também, diga-se de passagem :P 
Voltemos para José Rosário Castro... Seu trabalho tem uma poética bucólica que nos faz passear pelas paisagens rurais do interior de Minas Gerais, seus hábitos e cotidiano.
Suas obras são  Minas Gerais em um pequeno inventário de sossego, lirismo e refrigério para nossos olhos cansados de tanta urbanidade.Tecer comentarios sobre o incrivel  dominio tecnico do artista com o material expressivo seria chover no molhado, só de olhar,qualquer criança tiraria essa conclusão, mas, o que mais  me inpressionou em seu trabalho é  a  luz  linda que ele capturou.Suas telas revereram a luz que só tem em Minas,  ou quem sabe só nos olhos de quem uma dia teve o  privilégio de andar pelos vales e montanhas dessa Terra abençoada.
Encontrar as paisagens de José Rosário Castro enquanto ouvia a não menos bucólica voz de Mônica Salmaso, cantando melodia doce do  baiano Dori Caymmi, (cuja mãe era mineira) , cantando  as palavras do poema de  Fernando Pessoa,não me restou outra opção, só me fez pensar em um clip para reunir esse encontro.
Foi o que fiz.
Então, chega de falar e vamos ver na prática o que é Bucolismo.
Clica ai no Vídeo, relaxe, pegue uma  boa xícara de café, uns pãezinhos de queijo , e boa viagem!
"Oh Minas Gerais, Oh, Minas Gerais! Quem te conhece não esquece jamais..."

3 comments:

  1. Olá Nana, passando pra agradecer mais uma vez sua homenagem. Curiosamente, sempre que lembro de algo bom do passado, faço isso com a música de Dori Caymi na cabeça. Ela foi muito marcante em uma fase da vida e é interessante como faz confirmar que as coisas são mesmo cíclicas, sempre nos retornando.
    Grande abraço e sucesso na jornada!
    José Rosário

    ReplyDelete
  2. Why not bless an individual else although you are blessing oneself!


    My web page; Flex Belt Reviews

    ReplyDelete

Pinceladas do observador